quarta-feira, 30 de julho de 2008

Vamos fazer uma música?

Tenho uma letra, escrevi agora....fiquei pensando pra quem enviar, pra que esse escrito virasse canção...juro que ainda fico tímido.... não tenho medo de ser rejeitado, mas não gosto de ser ignorado, prefiro logo que digam: "Não gostei..." ..."manda outra, nada haver", do que me deixarem no silêncio....sei que é difícil, mas, não sou uma pessoa sensível....e tem muita gente que se identifica com minhas canções, então, podem existir as contrárias...normal...mas quero experimentar!

Cimento (André Leemax) em 30.07.2008

É sempre assim
Você reclama: “eu quero assim”
É sempre “amanhã”
Que eu digo, me defendo
Sem saber que está sofrendo

E é sempre assim
Você me cobra
Essa tristeza parece não ter fim
E meus pés fincam no cimento
Sem liberdade de movimento

Mas será que eu não te entendo?
Ou será que não te amo?
Quando penso em te perder
O chão existe, eu e vc

Não quero assim
Quero um amor sem fim, amor em paz
Como dizia outro rapaz
Sempre quer mais
E meu tempo de ser eu me atropela
São tantas coisas pra fazer entre eu e ela

Mas será que eu não entendo?
Ou será que não te amo?
Quando penso em te perder
Não existo sem você

Me desculpa, vou tentar mais uma vez
Vou mudar pra ser do jeito que vc me fez
Será que existe um molde pra eu ser o gesso e te satisfazer?*

*Citação: “Como vc quer” de MarthaV

3 comentários:

Tom disse...

VAMPIIIIIIRO!!!
AMEI a letra!
Tô aqui com uma melodia na cabeça, já... Vou pegar a letra, pra ver o que posso fazer com ela, certo?
Qualquer coisa, tô avisando!
Abração!

Guga disse...

BruBru

Hey Lee...
vamos ver se faço um arranjo pra essa musica....
beijocas meu amigo, tudo de bom

Bru-MS

Ana disse...

Amigo...linda letra! Quisera eu ter noções musicais pra fazer uma melodia pra ela. To doida pra ouvir a música pronta.
O mais engraçado é que essa letra bateu certinho com meu momento atual. Transmimento de pensação? hauahua ^^
Super beijos!